Buscar
  • Thiago Matos

O que são PANCs?

Você em algum momento já ouviu falar sobre as PANCs ? O que são? Os benefícios para nossa saúde? E a ascensão que estão tendo na nossa gastronomia atual? Se você nunca ouviu falar não se assuste, vamos explicar a seguir um pouco sobre essas plantas incríveis.


O que são

As PANCs denominadas inicialmente pelo biólogo Valdely Kinupp, é a abreviação de Plantas Alimentícias Não Convencionais. O termo alimentícias quer dizer que são plantas usadas na alimentação, assim como verduras, hortaliças ou frutas... O termo não convencionais significa que não são produzidas ou comercializadas em grande escala nos mercados tradicionais.

Vantagens

As PANCs possuem diversas vantagens quando comparadas com plantas ou hortaliças convencionais do nosso dia a dia. A maior delas é que essas plantas podem aparecer em lugares diversos, como parques, locais públicos com vegetação e as vezes até mesmo no jardim da sua casa. Outro fator importante é que essas plantas alimentícias não convencionais não sofrem com a utilização de agrotóxicos, ou adubos químicos, pois sua grande maioria não necessita de grandes cuidados no seu plantio, devido a sua grande resistência a diferentes temperaturas, condições ambientais e principalmente por sua variabilidade genética. Tornando o contato com pragas e insetos menos recorrente.

Benefícios

Pelo fato de não terem contato algum com agrotóxicos e/ou produtos químicos as PANCs oferecem uma enorme quantidade de nutrientes de uma maneira mais sustentável, promovendo a saúde do consumidor, elas de maneira geral possuem um alto teor de vitaminas e minerais, além de uma grande quantidade de fibras alimentares, o que as confere grande utilidade na alimentação e nutrição de quem as consome.


No aspecto econômico as PANCs tem um enorme papel a ser defendido, pois quando são comparadas com vegetais e hortaliças convencionais, por serem em sua maioria mais facilmente cultivadas, sendo menos custosas para o agricultor e consequentemente para o consumidor final.


Entretanto a falta de estudos sobre o cultivo e o incentivo a utilização dessas plantas em preparos do dia a dia compromete o aproveitamento integral do potencial econômico, nutricional e culinário dessas hortaliças. Não sendo aproveitado essa oportunidade de valorização e uso real na biodiversidade brasileira.


Alguns tipos de PANCs:

Capuchinha

Uma PANCs que pode ser aproveitada em 100% seu caule, folhas e flores são totalmente comestíveis, ela é rica em vitamina C e carotenoides, é uma planta anual de cultivo simples, que se alastra com facilidade. Vem ganhando cada vez mais espaço nos grandes restaurantes do Brasil, é muito utilizada em decorações de pratos, em molhos ou saladas.


Ora-pro-nobis

Uma planta bem rústica, perene e se desenvolve em todo tipo de solo, possui folhas extremamente ricas em proteínas e aminoácidos, a ora-pro-nobis tem tomado espaço na dieta dos veganos e vegetarianos. É utilizada em muitos restaurantes como saladas ou servidas cruas com um sabor único e marcante.


Peixinho

É até estranho chamar uma planta de peixe, mas quando experimentarem irão entender. Essa planta é conhecida como lambari da horta, começou a ser cultivada na Europa mas se adaptou muito ao solo brasileiro. Suas folhas podem ser refogadas, e quando fritas servem como um ótimo petisco. A folha é extremamente suculenta, e por tal motivo lembra a textura de um peixe.


Vale a pena procurar saber mais sobre essa preciosidade que existe nos solos brasileiros e é tão pouco conhecida, pode ajudar tanto em nossa saúde, quanto na economia dos campos. As PANCs devem fazer parte do nosso dia a dia, experimentem e apreciem algo totalmente novo e surpreendente.

27 visualizações0 comentário